Carta Celeste

Semeie um pensamento, colherá um fato; semeie um fato e terá um hábito; semeie um hábito e formará um caráter; semeie um caráter e obterá um destino. - Parafraseando Henrique José de Souza

Artigo de Cor:  Amarelo e Vermelho Amarelo e Vermelho
Tópico: Poesiando - Subtópico: Vida a mais

Campo do Coração

Publicado em 25/09/2011 22:10 e Atualizado em: 25/09/2011 22:12

Sei que o coração é o lugar da roda
que sobe, que desce, que flutua e se esborracha no chão
o lugar de ondas e vazios de ares e solidões
a alegria ali existe e o rancor range como uma velha porta que não se sabe aberta/fechada

sei que o coração é o lugar que quer
e por isso luta! movimento contínuo,
sempre paz é o que diz que busca
mas se encontra, não para, revoluciona-se, ressignifica-se, novo clímax, novo alto da montanha, nova sedução e ele vai, e se não vai morre, enterra-se, aprisiona-se, amargura-se entristece-se e suicida-se...

então, sei que o coração sempre e apenas pulsa, e se pulsa, quer e se quer sonha, e se sonha ousa e voa e cai e levanta e anda, das nuvens ao desterro, do definitivo ao transitivo, da certeza ao imaturo portal do desconhecido

Sei que este é o coração, e que não acerta e não erra, apenas movimenta-se nos espaços descontínuos das diversas moradas dos cem milhões de mistérios dos deuses e anjos e ninfas e borboletas e todos os sátiros e plêiades e bruxas e sonhos e mitos e sílfides, salamandras, ondinas e os mais antigos ancestrais... sei

E sei que além do coração há o centro,
e é inefável ao gargalhar, invisível ao desejo, incompreensível ao sonhador. Sei que há a fonte, intangível ao cientista, inatingível ao crente, impensável ao filósofo. Sei que há o altar estranho, o templo escondido, o espaço que não deseja, o tempo que não almeja, o existir do que é, o puro vácuo, a fonte das riquezas e o pleno do ser que não sofre. Sei...

E sei que é divino, que é paraíso, que vai para lá da Terra, que sobe das profundezas, que desce às alturas, que é Eterno, que é sublime, sei e sei e sei!

Só não sei se é esse centro o que eu sou
talvez eu até vá lá para descansar
só que volto

o meu campo é o coração.

Imprimir Enviar por E-mail


Deixe seu Comentário


172518


Comentários

Não há nenhum comentário

Seja livre: use Linux! E não deixe de instalar o navegador FIREFOX, um excelente meio de se ter uma nova experiência em suas "viagens web"!!!

Este site é melhor visualizado com resolução: 1024 x 768px ou superior e para perfeita exibição visual em: 1280 x 1024px. Experimente um atalho: ctrl++ para dar um zoom no site todo ou um ctrl +- para o inverso.