Carta Celeste

O homem traz em si mesmo o dínamo gerador de suas dores e alegrias: a MENTE. - Henrique José de Souza

Artigo de Cor:  Azul e Vermelho Azul e Vermelho
Tópico: Poesiando - Subtópico: Vida a mais

Desça!

Publicado em 08/11/2009 15:57 e Atualizado em: 08/11/2009 15:57

Desça!

Desce dessa torre aí de marfim barato que você mesma criou
Deixe suas imagens seus fantasmas ilusões virtuais desmoronarem para sempre atrás de ti

Viva!
Seja viva aqui e agora neste planeta azulado e não em qualquer outro
Respire desse ar dourado das manhãs perdidas... não dormidas... aquelas nunca mais esquecidas
Esfregue seus joelhos no solo de nossa Mãe
Caleje seus pés nas pedras dos rios frios
Explore sozinha as noites distantes da serra... sem barraca... sem cobertor
Veja seu sangue fervendo e explodindo em feridas reais...
sabe quais?
SIM!! aquelas que só os que vivem e amam de verdade têm

Quebre!
Estoure para sempre essa carinha de louça aí assim mal acabada e disfarçada
Arremesse para bem longe essa máscara bisonha risonha que gostam de te ver mas não te deixam ser
E abra seus pulmões seus olhos seus braços suas asas
Vá para São Tomé sem passagem nem dinheiro prá voltar
Atire-se em comunidades alternativas por dias a fio
Desça do ônibus em cidades e madrugadas distantes sem qualquer conhecido amigo inimigo parente irmão
Avise, simplesmente, ao mundo que vai por aí viver, sem pedir nunca mais qualquer permissão!!

Resumindo: seja você finalmente
Seus dezenove anos insensatos e intensos assim como devem ser
como foram de muitos
como foram os meus
E fulminante... de repente assim
toda suja do chão batido dessa vida linda
Assim toda marcada pelas cicatrizes de experiências reais
Assim toda viva desta alegria que só viver traz
Você talvez veja seus amigos de verdade
Aqueles que não se poupam das palavras nem te temem os mais duros julgamentos
Mas dizem a verdade para você sempre
Só porque gostam de você gratuitamente eternamente
Alertam mexem com seu coração
Xingam sem pedir licença, nem perdão
Se intrometem mesmo pra te ver feliz seja onde for
Prá ver teu sorriso aberto, teus olhos iluminados, coração leve e mente em movimento tranqüila
Porque sabem ver o estrelar brilho que tens, não esse aí bobinho inventado encenado não
o verdadeiro o galáctico o cósmico caótico
e sorriem até ao ver esse seu coração assim ainda tão temeroso de vida
mas dizem gritando alto e para sempre:

VAI SOFIA!!!

VIVA FINAL DEFINITIVAMENTE!!!!

Imprimir Enviar por E-mail


Deixe seu Comentário


331624


Comentários

Não há nenhum comentário

Seja livre: use Linux! E não deixe de instalar o navegador FIREFOX, um excelente meio de se ter uma nova experiência em suas "viagens web"!!!

Este site é melhor visualizado com resolução: 1024 x 768px ou superior e para perfeita exibição visual em: 1280 x 1024px. Experimente um atalho: ctrl++ para dar um zoom no site todo ou um ctrl +- para o inverso.