Carta Celeste

Deus não chora, não sofre, não vê cousa alguma, mesmo que se lhe chame de Onipotente, Onisciente e Onipresente. Ele é o que é. O EGO SUM de todos aqueles que O compreenderam em si mesmos. - JHS

Artigo de Cor:  Azul e Vermelho Azul e Vermelho
Tópico: Sala de Estar - Subtópico: Conversando com você

NAMASTÊ!

Publicado em 18/10/2009 9:53 e Atualizado em: 18/10/2009 9:53

Palavras do Mestre que está vivo no meu interior, e que saúda o Mestre que está vivo em seu interior:

NAMASTÊ!


Assim como um pai zeloso e amoroso, acima de tudo, deseja que seu filho siga seu exemplo, e, no fundo, torne-se idêntico a ele; assim como não há prova de maior amor de um filho a seu pai do que se tornar em tudo idêntico a ele; nosso Pai Celestial não quer nada além do que todos nós nos tornarmos IDÊNTICOS a Ele, seguindo seu exemplo de Fogo e Luz e Vida.

A vida permanece na Terra graças ao fato de haver esperança que aqui haja essa perfeita integração e identidade entre Deus e o Homem – gênero, espécie, raça, consciência. O homem nasceu e cresceu com essa vocação inteiramente presente em cada ato seu, de tornar-se idêntico a Deus, de ser, onde estiver, Deus em miniatura, mas Deus inteiro. E não há nada mais amoroso, mais sublime, mais santo, do que alguém que devotar sua vida a construir essa identidade perfeita.

Não é um arrogo “o Homem querer SER DEUS!”, mas sim um gesto da mais perfeita humildade: o homem querer ser e fazer-se idêntico ao seu Pai (e qual o filho que não tem esse direito?). Na sua perfeição, na sua disponibilidade, na sua amorosa entrega a tudo e a todos, na sua compaixão sem limites, na sua consciência de fogo e luz, como já foi dito, enfim...

Não há nada mais humilde e servil do que ser idêntico Àquele que se faz inteiro no mais humilde dos seres e que simplesmente serve a todos mantendo-lhes a vida e a esperança.

Quem não acreditar nisso não tem de fato fé em Deus algum, pois a fé nasce justamente dessa amorosa identidade homem-Deus, Deus-homem. E não foi por causa desta identidade que se fizeram todas as alianças? presentes em todos os povos?

Os servos das trevas, que ainda não querem deixar a própria luz brilhar em seus próprios corações – onde também está inteiro o Amor – não querem (ainda) que descubramos isso. Querem que achemos que Deus é “perfeito” e não nós, que nunca seremos pouco mais que larvas que rastejam o chão empoeirado do deserto, e que não existe nada mais megalomaníaco do que querermos ser idênticos a Deus. Como se Deus fosse um Ego ENORME e nós quiséssemos assim nos tornar também EGOS ENORMES.

Não! Nada mais falso do que isso!! NÓS É QUE CRIAMOS ESSE DEUS “EGO ENORME” e fosse isso verdade e Ele não haveria humildemente entregue a si mesmo em uma cruz, há 2000 anos. Fosse isso verdade e Ele não se entregaria a todo instante nesta CRUZ que é a Terra, e não seria, nela, a sua ROSA perfumada.

A vida não é um deserto, e não somos mais larvas que rastejam, mas sim seres alados que voam em uma maravilhosa e exuberante floresta equatorial, cheia de flores, perfumes, frutos, alimentos, ar puro e sol quente, ao som das águas frescas que nascem das altas montanhas, vindas do interior da Terra. E o nosso mundo é um mundo todo ele AZUL.

Entregar-se à Deus significa ser Um com Ele, ser idêntico a Ele, ser em tudo e em todos os momentos Ele mesmo na Terra.

É agradecer, com a própria vida, a VIDA que Ele nos deu.

Bijam!

Comentário de Ana Martins:

Entendo essa mensagem como um convite para repensarmos em nossa Busca, um alento para que possamos trilhar com mais confiança. O dia-a-dia insignificante, o materialismo desenfreado, a discórdia cada vez mais presente, a frivolidade arraigada nos corações... E então... Podemos dizer que cada um de nós impõe uma parcela de brutalidade ao Mundo? Querermos “chegar” ao Pai ou queremos “Ser” como o Pai? O que queremos afinal? Se houver sinceridade e querermos “Ser”, faz-se então o momento de praticarmos intensamente o que estamos aprendendo durante nossa Busca. Assim nos transmutaremos em pequenos pontos, iluminando, aquecendo e fazendo a diferença. E não são meras palavras, a realidade é ainda pior para aqueles que enxergam sem o manto das ilusões, mas esse momento também é sublime, pois o aprendizado maior se dá em meio ao caos. Baixemos nossas armas, busquemos Consciência, exercitemos o Amor, pratiquemos a Humildade sem constrangimento e enfim, vamos à reconstrução de um Novo Mundo a partir de nós mesmos!

Imprimir Enviar por E-mail


Deixe seu Comentário


624168


Comentários

Não há nenhum comentário

Seja livre: use Linux! E não deixe de instalar o navegador FIREFOX, um excelente meio de se ter uma nova experiência em suas "viagens web"!!!

Este site é melhor visualizado com resolução: 1024 x 768px ou superior e para perfeita exibição visual em: 1280 x 1024px. Experimente um atalho: ctrl++ para dar um zoom no site todo ou um ctrl +- para o inverso.