Carta Celeste

Por isso inumeráveis são as leis dos escribas, sete as leis do Filho do Homem, três as dos anjos, e uma a de Deus. - Evangelho Essênio da Paz

Artigo de Cor:  Azul e Vermelho Azul e Vermelho
Tópico: Sala de Estar - Subtópico: Conversando com você

Harry Potter e a 10ª Pétala do Cardíaco

Publicado em 11/09/2011 14:42 e Atualizado em: 12/09/2011 10:37

Foi exibido pelo SBT na última quarta-feira, feriado nacional, o filme “Harry Potter e a Câmara Secreta” ou “Harry Potter Dois”. Considerado “juvenil”, a produção adaptada do livro de J.K. Rowling possui aspectos sérios, que vão além da infantilidade de varinhas, vassouras voadoras e seres mágicos – Infantilidade?

 

Bom, o parágrafo acima, com um quê jornalístico surgido espontaneamente, questiona a insistência no pensamento que não consegue admitir ideias repetidas nos livros infantis: “Seres inexistentes”, e o mais importante e essencial: O poder da Vontade, da Superação, e do considerado impossível diante de tantas dificuldades internas e externas. Tudo isso realmente merece mesmo ser considerado como infantil e fantasioso (no sentido negativo dos termos)?


A magia verdadeira desta bela obra evoca o valor que está no Coração, incluindo também o que existe na Ignorância, o que é representado pelos vilões e de certa forma em todos os personagens... bons. Aliás, não existem vilões tradicionais, cem por cento maus e, portanto, falsos. A autora procurou falar também da chispa divina que existe em todos. Isso tem razão de ser na frase:


Do Mal que existe em você não posso falar, mas somente do Bem. Que é o Mal, senão o Bem torturado pela fome e pela sede? Pois o Bem, estando assim, perambula pelas cavernas mais escuras, e estando com sede, bebe das águas mais impuras.” Khalil Gibran, mencionado por Linda Goodman no livro “Seu Futuro Astrológico”.


Retornando ao filme, uma passagem foi a ligação de tudo que foi escrito neste texto:


Não importa as nossas habilidades e características. O mais importante são as nossas escolhas.” Alvo Dumbledore.


A passagem refere-se ao fato de Harry ter pedido ao Chapéu Seletor para ser de uma determinada turma ou “casa”, embora suas características fossem típicas de outra. Ou seja: ninguém, por mais conhecedor da mente e do coração dos homens determina inexoravelmente nossas vidas. Em outras palavras, nunca houve obrigatoriedade em seguir ou desenvolver tendências, principalmente as inclinações que poderiam amargar os destinos posteriormente. “Quando JHS não gostava de Ler ou Ver vidas passadas dos discípulos, era para que justamente não pusessem em prática as tendências inferiores, as nidânas em latência na alma do indivíduo”. Apostila Grau Yama.


Isso não quer dizer que não podemos receber sugestões daqueles que nos amam. Sugerir, insinuar, não é determinar. A opção é atributo da 10ª Pétala do Chakra Cardíaco. “O Homem torna-se um Guerreiro” – por analogia, algo semelhante às lutas de Harry e de outro belo personagem, Frodo (Senhor dos Anéis), mas a luta é muito mais séria e real, porque “Voldemort”, “Sauron” e “Orcs” encontram-se ou necessitam ser encontrados... No próprio guerreiro, primeiramente.


Monstros são disformes e horrendos, porque são ilusórios, mesmo com as suas fortes “tências”: Resistências, insistências e persistências, que nos fazem reincidir no Mal -  “nos fazem” reincidir ou nós reincidimos? Falsamente resistem, falsamente insistem e ilusoriamente persistem por serem frágeis – precisam de “alimento”, sem cessar o desejo.

 

O que é da Real Natureza Humana é como “uma rocha que resiste verdadeiramente” – sem o apoio quebradiço dos “alimentos”... E, maravilhosamente em conjunto, o que é realmente da Humanidade... FLUI, com determinação


ISABELA FERREIRA


 

Imprimir Enviar por E-mail


Deixe seu Comentário


208102


Comentários

Nome: Gábner Guimarães Alves

Comentado em: 12/09/2011 11:44

Saudações! A fantasia e a realidade têm um tênue ponto em comum. Até!

 

Nome: ana

Comentado em: 05/10/2011 11:46

Desejo colocar sobre a relevância desse comentário de isabela ferreira, sabemos q a realidade invisível aos olhos físicos é importante de ser percebida e vivenciada tanto quanto a realidade do físico físico, mas muitas vezes temos dificuldade em viabilizar esta colocação. O referido comentário contribui para nos ajustar na observância do q "ñ se vê". Obrigada.

 

Nome: Isabela F. Azevedo

Comentado em: 06/10/2011 13:48

Olá Ana! Seu comentário inspirou um poema. Obrigada.

 

Nome: Catarina Teles

Comentado em: 24/09/2015 12:49

Isabela Ferreira, parabéns por ter tido a coragem de dizer o que muitos gostariam mas têm medo....parece até que ao ler seu texto estava sentada conversando com uma amiga tomando café. Obrigada. Concordando em gênero, número e grau.

 

Seja livre: use Linux! E não deixe de instalar o navegador FIREFOX, um excelente meio de se ter uma nova experiência em suas "viagens web"!!!

Este site é melhor visualizado com resolução: 1024 x 768px ou superior e para perfeita exibição visual em: 1280 x 1024px. Experimente um atalho: ctrl++ para dar um zoom no site todo ou um ctrl +- para o inverso.